Quer conhecer a Escola do Mecânico?

mecânico reparando um automóvel

Atualizado em 16 de dezembro de 2021

A Escola do Mecânico foi criada em 2011 pela empresária Sandra Nalli, com a missão de formar profissionais qualificados para o mercado automotivo.

De lá para cá a instituição aumentou e hoje conta com unidades na Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A Simplo tem uma parceria importante com a escola e fornece a literatura técnica fundamental para a formação e dia a dia do mecânico.

Confira a entrevista com o Engenheiro Eletricista e Instrutor de Formação Profissional da Escola do Mecânico, Eduardo Moglio. Além disso, apresentamos dicas para escolher a melhor formação.

Qual a importância da Escola do Mecânico para os jovens e quem quer se tornar mecânico?

Eduardo Moglio – Professor da Escola do mecânico: A Escola do Mecânico é uma empresa de impacto social, porque nós formamos jovens e capacitamos eles para o mercado de trabalho, tanto na parte técnica quanto na parte comportamental.

Aqui nós acreditamos nas pessoas e criamos condições para que elas transformem suas vidas fazendo o que amam.

A Escola do Mecânico tem esse propósito de transformar a paixão por mecânica em carreiras de sucesso.

Muitos alunos têm o sonho de trabalhar nessa área, seja na primeira profissão, ou mudar de profissão e nós fazemos esse trabalho de capacitação, com aulas teóricas e aulas práticas.

O que o aluno precisa para ter sucesso na profissão de mecânico?

Eduardo – Escola do Mecânico: Costumo falar muito aos meus alunos que hoje, basicamente, o mecânico tem que estudar muito. Antigamente, o mecânico era aquela profissão de quem não queria estudar, quem não queria fazer uma faculdade.

Com a tecnologia e eletrônica embarcada que vem crescendo nos automóveis, não tem mais como ser um mecânico bom tecnicamente se não estudar muito.

Em quantidade de horas estudadas, não tem mais diferença entre quem faz medicina, engenharia e um mecânico.

A única diferença é que o mecânico não precisa fazer uma faculdade ainda. Mas a quantidade de horas que ele tem que disponibilizar para estudar e procurar informações técnicas realmente é bastante.

O principal conselho que eu dou para os meus alunos, é que para quem quer ter sucesso na profissão de mecânico, precisa se capacitar.

Nunca parar de estudar, porque a hora que a gente vai aprender uma nova tecnologia, a fábrica já está pensando em outra, e logo lançam ainda outra.

Aplicativo Emprega Mecânico: como funciona?

O aplicativo Emprega Mecânico da Escola do Mecânico funciona da seguinte maneira: as empresas cadastram as suas vagas e os alunos podem se candidatar a elas.

Serve como um banco de empregos que reúne vagas dos mais diversos estados e portes de empresa.

Eduardo Moglio comenta os resultados já alcançados desde o lançamento da plataforma: “Nós temos mais de mil contratações diretas feitas por meio do nosso aplicativo. Nos últimos três meses, foram cerca de 300 vagas novas cadastradas, isso sem contar vagas que estão lá já há algum tempo.”

Matrículas Escola do Mecânico: como fazer a inscrição?

Existem duas formas para se inscrever na Escola do Mecânico:

Como saber se a Escola do Mecânico é boa?

Aqui vai uma dica do Simplo: sempre que você quiser saber se uma empresa ou loja é confiável digite o nome no site Reclame Aqui e leia as avaliações.

Por exemplo: escreva “Escola do Mecânico reclame aqui” e vai aparecer o que os alunos estão falando sobre a instituição.

É importante que você leia os comentários e as respostas para saber se houve solução do problema.

Simplo + Escola do Mecânico: parceria que fortalece o mercado

A parceria da Simplo com a Escola do Mecânico acontece da seguinte maneira: o aluno enquanto está na aula prática tem acesso à literatura técnica e ao maior acervo de manuais automotivos da América Latina.

Com isso, ele aprende a interpretar os dados e compreender como aplicar o conhecimento no momento do reparo.

Quando esse aluno estiver dentro da sua própria oficina mecânica, ou empregado em uma empresa, terá plenas condições de utilizar a literatura técnica de maneira rápida e assertiva.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto ou quer saber como adquirir a licença do Simplo para a sua oficina reparadora? Entre em contato conosco!