Mercado de trabalho para eletricista de automóveis: perspectivas para o futuro

homem com luvas mexendo em uma conexão de baterias

Atualizado em 13 de dezembro de 2021

Entenda o mercado de trabalho para eletricista de automóveis, salário, competências e as dicas do especialista do Simplo, Laerte Rabelo.

O mecânico eletricista de automóveis é um profissional diferenciado e que precisa entender de eletricidade aplicada à realidade da oficina mecânica.

Assim, dominar a elétrica automotiva é um bom investimento para quem quer mudar de carreira ou começar a trabalhar com isso.

Continue a leitura do texto, pois nas próximas linhas você descobrirá como a carreira de eletricista de automóveis pode ser um ótimo caminho para você.

O que faz um eletricista de automóveis?

O eletricista automotivo tem funções especificas como reparar problemas nos sistemas de iluminação, sinalização, carga e partida, acessórios, como vidro, trava e alarme.

Além de auxiliar no diagnóstico dos sistemas de eletrônica embarcada do veículo, como injeção, direção elétrica, freios ABS, Airbags, dentre outros.

A principal função do eletricista automotivo na oficina reparadora atualmente é diagnosticar e reparar problemas nos sistemas elétricos e eletrônicos dos veículos.

Além disso, é de competência do eletricista de automóveis, a instalação, manutenção, reparação e identificação de falhas nos diversos pontos da fiação ou chicote elétrico do veículo.

Para Laerte Rabelo esse é o diferencial desse profissional: “O perfil de um eletricista automotivo exige alguém com uma visão sistêmica do veículo, com bastante criatividade e imaginação, pois para entender a eletricidade o profissional tem que compreender a dinâmica de funcionamento do sistema como um todo.”

Ele aponta que a maioria dos reparadores costuma evitar essa área, porque precisa da utilização e conhecimento em equipamentos específicos como multímetro, scanner, osciloscópio etc.

Funções básicas e secundárias de um eletricista automotivo

Confira a lista abaixo e entenda melhor as funções básicas e secundárias de um eletricista automotivo:

  • Identificar e reparar falhas em sistemas de veículos controlados eletronicamente, injeção eletrônica de combustível, ignição eletrônica, frenagem antibloqueio, transmissão automática, airbags e ar-condicionado;
  • Instalar equipamentos elétricos e acessórios como medidores, iluminação, alternadores e motores de partida em veículos, rádios, equipamentos de aquecimento, faróis e sistemas antirroubo;
  • Operar sistemas de gerenciamento de motores controlados por computador;
  • Entender e consultar diagramas de circuitos e usar medidores e instrumentos de teste para encontrar falhas elétricas;
  • Testar, recondicionar e substituir alternadores, geradores, motores de partida e itens relacionados com defeito, como reguladores de tensão e baterias;
  • Reparar ou substituir ignição defeituosa, fiação elétrica, fusíveis, lâmpadas e interruptores;
  • Usar ferramentas manuais, ferramentas elétricas especializadas, instrumentos e máquinas, incluindo brocas, retificadoras, prensas tornos e solda ao reparar peças elétricas.
  • Instalar e reparar sistemas de ar-condicionado.

O que precisa para ser um bom eletricista automotivo?

Para ser um bom eletricista automotivo são necessárias algumas habilidades fundamentais, são elas:

  1. Ser criativo e ter boa imaginação: isso ajudará a prever possíveis problemas e saber como reparar da melhor maneira;
  2. Ser dinâmico e rápido no diagnóstico de eventuais problemas;
  3. Estar atento às normas de segurança: usar equipamentos de proteção e ter protocolos para não causar danos ao motorista do veículo e nem a si mesmo;
  4. Ter um bom relacionamento com o cliente: é preciso saber como explicar o problema ao seu cliente e pedir autorização para reparar o veículo.

Todas essas competências farão com que o profissional se destaque no mercado e tenha sucesso na carreira.

O especialista do Simplo, Laerte Rabelo complementa: “O eletricista automotivo é um coringa na oficina mecânica, ele vai auxiliar diretamente no diagnóstico de problemas no veículo. A demanda por esse profissional é grande, pois cada vez mais os veículos são mais eletrônicos e tecnológicos.”

Quanto ganha um eletricista de automóveis?

O salário de eletricista automotivo varia de R$ 1.667,00 a R$ 2.113,00, segundo o site VAGAS.com. Os salários foram calculados com base nos valores informados pelos candidatos do portal.

Porém, tudo vai depender da região em que o eletricista automotivo vai atuar, o tamanho da oficina reparadora e as suas qualificações. Ou seja, é possível ganhar mais que a média se você for um bom profissional.

Por exemplo, se você pesquisar quanto ganha um eletricista automotivo autônomo é possível que o valor seja bem mais alto que o informado acima.

Mercado de trabalho para eletricista de automóveis: vagas e oportunidades

Existem muitas vagas no mercado para eletricista automotivo, principalmente por conta da alta demanda e fabricação de veículos elétricos.

Assim, é possível afirmar que há várias oportunidades de trabalhar como eletricista automotivo em empresas de pequeno, médio e grande porte.

Uma dica é procurar vagas de eletricista ou auxiliar de eletricista automotivo, caso você seja iniciante, em empresas de transporte e concessionárias de veículos que costumam contratar eletricistas automotivos com bastante frequência.

Caso você queira começar como eletricista automotivo a domicílio a nossa dica é dar uma atenção especial as suas redes sociais e mostrar o seu serviço com vídeos e fotos de reparos.

Outra ideia é fazer cartão de visita para eletricista automotivo, informando seu telefone para contato e redes sociais.

Onde fazer curso de eletricista automotivo?

Laerte Rabelo dá dicas de como conquistar espaço no mercado: “Todos querem mecânica, montar e desmontar carros, e o eletricista está a um nível a mais, tem que gostar de estudar.”

A nossa dica é procurar cursos conhecidos no Brasil todo como o Curso de eletricidade Automotiva oferecida pelo SENAI.

O requisito básico é ter 16 anos e o Ensino Fundamental completo.

A carga horária do curso é de 160 horas e custa R$ 2.079,49, podendo ser parcelado em até 7 vezes de R$ 297,07. (Consulte o valor com a unidade da sua cidade, pode haver variações de acordo com a região.)

Os principais conteúdos abordados do curso de eletricista automotivo do SENAI são:

  • Mecânica e manutenção automotiva;
  • Organização e segurança do local trabalho;
  • Recebimento e entrega de veículos;
  • Ferramentas e equipamentos;
  • Sistema Internacional de Medidas;
  • Instrumentos de medição;
  • Grandezas e Unidades Elétricas;
  • Componentes Elétricos e Eletrônicos;
  • Circuitos Elétricos;
  • Esquemas Elétricos;
  • Sistema de Carga e Partida;
  • Manual de reparações;
  • Ferramentas e equipamentos;
  • Anomalias no sistema de Sinalização e Iluminação;

O curso é certificado pelo SENAI, considerado uma das instituições de ensino mais renomadas em todo o país.

Eletrônica embarcada: conceito e importância

“Eletrônica embarcada é o grande desafio para os reparadores que querem se manter no mercado.”

Laerte Rabelo, especialista do Simplo

Simplo, o manual completo do eletricista de automóveis

Para quem quer se tornar um eletricista automotivo de destaque tanto a domicílio como trabalhando em uma empresa confira os manuais que são uma verdadeira mão na roda:

• Manual Electra
• Manual Injeção eletrônica
• Manual Mix
• Manual Locar
• Manual Clima Car
• Manual Clima Car Truck
• Manual Código de falhas
• Manual Injeção eletrônica diesel

Com alguns cliques você tem acesso ao maior acervo de manuais automotivos da América Latina no celular, tablet ou computador.

Conheça os manuais do Simplo para veículos leves, pesados e a linha Trator & Cia.