Código de falhas: entenda o recurso

Atualizado em 24 de abril de 2021

Os sistemas automotivos com eletrônica embarcada tem a função de realizar o seu autodiagnóstico, informando a real situação de possíveis avarias no sistema ou confirmando o seu perfeito funcionamento.

Este sistema foi implantado pela dificuldade de se realizar os diagnósticos corretos nos primórdios dos sistemas eletrônicos. Por isso, esse recurso começou a ser utilizado para facilitar ou auxiliar na indicando de possíveis problemas, visando ter mais confiabilidade, facilidade e agilidade no serviço.

Existem diversos códigos de falhas, cada sistema eletrônico tem os seus respectivos códigos de avarias, seja ele da Injeção Eletrônica, ABS, Airbag, Carroceria e outros.

No mercado, existem diversos aparelhos de diagnóstico que fazem a leitura destes códigos de falha. Porém, são somente códigos, necessitamos muitas vezes de um banco de dados com os seus significados e suas possíveis causas. De nada adiante saber qual é o código armazenado na Unidade, se não sabemos o que pode estar causando ou deve ter causado a falha.

O autodiagnóstico é um recurso eletrônico. Ele é apenas uma referência de possibilidade de falha, não pode ser considerado um diagnóstico preciso.

O Manual Simplo de Código de Falhas é um manual que possui um vasto banco de dados de códigos de avarias. De maneira rápida, podemos tirar as dúvidas do diagnóstico eletrônico do veículo.