Luzes DLR: Simplício explica

Atualizado em 17 de março de 2021

Depois de entrar em vigor, ser supensa por um juiz, e voltar a valer em seguida, a lei 13.920/16, que torna obrigatório o farol aceso durante o dia para veículos que transitem em rodovias, acabou por ser acatada definitivamente pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

Além disso, o decreto tornou obrigatória a instalação da tecnologia DRL (“daytime running lamp”), ou seja, luzes de LED diurnas, para veículos fabricados a partir de 2018. As luzes DRL são acionadas automaticamente junto com a ignição do motor.

Outro detalhe importante, é que veículos fabricados anteriormente a esse período ficam proibidos de modificar as lâmpadas dos faróis, podendo apenas utilizar a original do fabricante no modo de luz baixa. Isso se justifica, porque muitas lâmpadas não respeitam os padrões técnicos de colorometria, que tornam a medida efetiva.

Segundo dados do Instituto de Pesquisa de Segurança em Rodovias da Europa (Institute for Road Safety Research, 2003), o uso de luzes diurnas trouxe uma redução de 5 a 10% no número de acidentes diurnos para carros, e de 32% para motos. Há também a comprovada redução de 5 a 12% de acidentes com carros e motos quando há a aplicação de legislação pertinente e campanhas voltadas para o uso desta tecnologia.

O Detran ainda afirma, que a maioria dos estudos sobre este assunto conclui que a presença de luzes acesas reduz significativamente o número de colisões entre veículos durante o dia, especialmente colisões frontais, onde a visibilidade do veículo é um fator crítico.

Sistemas adotados pelos fabricantes

Mesmo cada montadora possuindo o seu próprio sistema, o funcionamento é similar para todos. Analisando tecnicamente o grupo de iluminação do veículo Citroen C4 Lounge 2013, encontrado no manual SIMPLO, podemos verificar que a alimentação das luzes de led diurnas é feita através da central BSI, exemplificado nos passos abaixo.

  • Passo 1

Assim que é dada a partida no veículo, o leitor da chave manda um sinal para a central integrada BSI.

  • Passo 2

A central integrada BSI interpreta o sinal e aciona as luzes diurnas alimentando-as com positivo.