Profissão mecânico: principais pontos de atenção

profissão mecânico retratada por um homem com lanterna na mão olhando para o carro elevado por elevador

Atualizado em 16 de agosto de 2022

A profissão mecânico requer muito estudo, muita interpretação de dados, e é claro, estar sempre atualizado.

Amigo reparador, imagine a seguinte situação: chegou um veículo na sua oficina e você demora horas para fazer um diagnóstico, ou precisa chamar um colega para ajudar.

Certamente você vai perder tempo e a confiança do cliente.

Estamos aqui para lhe ajudar!

Confira dicas boas para destravar o seu diagnóstico automotivo e lucrar mais na sua oficina.

O que precisa para ser um bom mecânico de automóveis?

A profissão mecânico de automóveis é uma oportunidade para quem gosta de trabalhar com ferramentas e equipamentos realizando procedimentos de inspeção, montagem, desmontagem e diagnóstico de falhas. Mas não para por aí.

Ser um bom mecânico muitas vezes significa perder menos tempo identificando falhas e reparando os veículos cada vez mais rápido.

Além de conquistar a confiança do seu cliente, você, amigo reparador, poderá cobrar mais pelo serviço, já que sabe bem o que está fazendo e entende do problema.

Como melhorar meu diagnóstico automotivo?

Laerte Rabelo, consultor técnico do Simplo, fala sobre isso na primeira aula do Treinamento Mestre Automotivo sobre diagnóstico automotivo e o processo analítico para encontrar a causa do problema.

Segundo ele, são três etapas do processo do diagnóstico:

  • Sintoma
  • Falha
  • Causa

Já as peças fundamentais para fazer tudo acontecer são:

  • Reparador: conhecimento técnico sobre o veículo que está mexendo.
  • Ferramentas: osciloscópio, scanner, multímetro e literatura técnica.
  • Estratégia: o caminho a seguir até a identificação e o reparo do problema.

Confira a explicação completa no vídeo abaixo:

Profissão mecânico diesel: dicas para quem está começando

A profissão de mecânico Diesel segue basicamente o mesmo preparo que os outros tipos de mecânicos.

O diferencial está no conhecimento prático e técnico dos veículos pesados rodoviários, como caminhões e ônibus, por exemplo.

Ele será responsável pelo diagnóstico de motores a diesel e os sistemas mecânicos como suspensão, freios, transmissão e sistema de gerenciamento eletrônico.

Fique ligado nas dicas para ser um bom mecânico diesel!

Dominar as principais tecnologias utilizadas no ramo

Assim como todos os veículos, as tecnologias avançam muito depressa. Por isso, você, amigo reparador, precisa estar por dentro das novidades.

No caso de motores a diesel existe a ECU – Unidade de controle eletrônico, é por meio dela que é possível detectar inúmeros defeitos no propulsor e realizar o conserto.

Durante muito tempo, quando surgia algum defeito na ECU, a recomendação era a troca do dispositivo.

Como o preço era muito alto e não compensava muitos profissionais passaram a se dedicar no reparo dessas unidades.

Uma boa oportunidade é se especializar em automóveis a diesel, pois ainda há carência de especialistas.

Portanto, uma dica valiosa para aumentar os lucros na sua oficina é ter um mecânico diesel que trabalhe no conserto de ECU.

Participar de cursos capacitação para mecânico diesel

Cada vez mais os veículos virão com mais funções, novos dispositivos de conforto, segurança e muita tecnologia embarcada.

Se você não quiser ficar por fora de tudo que está acontecendo, procure cursos de capacitação na sua área.

Enxergue isso como um investimento para a sua carreira e uma boa alternativa para aumentar os lucros da sua oficina.

Alguns cursos que são bem interessantes de você procurar são:

• Manutenção preventiva e corretiva em veículos pesados;
• Interpretação de esquemas elétricos;
• Utilização de ferramentas e equipamentos modernos;
• Diagnóstico e Reparação nos Sistema de Injeção Diesel
• Reparo de unidades de controle Diesel

Saber identificar os Códigos de falhas nos veículos diesel

Como vimos nos itens anteriores, você deve estar preparado para enfrentar os problemas que vão aparecer na sua oficina.

Mas você não está sozinho nessa, os manuais do Simplo estão aqui para te ajudar.

O manual de Código de Falhas, por exemplo, é indicado para quem deseja interpretar corretamente os sinais do sistema eletrônico de veículos da linha pesada.

Na área automotiva existem cerca de 10 mil avarias, descritas por meio de códigos, presentes na Injeção Eletrônica, no Airbag, na Carroceria, entre outros sistemas.

Também existem diversos aparelhos de diagnóstico que fazem a leitura dessas falhas, por isso é importante que o reparador tenha a sua disposição um banco de dados que facilite a interpretação dos códigos.

O que precisa para ter a profissão mecânico de motos?

O principal ponto para ser mecânico de motos é ter vontade de aprender.

Assim como qualquer outro tipo de veículo, você precisa dispor das ferramentas certas, de literatura técnica avançada e de atualização constante.

O Simplo também oferece apoio para reparadores de motocicletas. Você pode adquirir o Pacote Moto Sim 4.

Nosso material traz um conteúdo técnico para que o reparador possa, cada vez mais, se agilizar e tornar mais eficiente o diagnóstico e reparo dos mais diversos modelos e montadoras.

Composto por 4 manuais de motocicletas, com informações práticas e de fácil compreensão para os profissionais da área.

Faça parte da Comunidade Simplo

Quer saber mais sobre gestão de negócios, atualizações técnicas e outros assuntos do mercado de oficina mecânica?

Seja um membro da Comunidade Simplo e acompanhe as publicações do Blog do Simplo.