Tecnologia Heated Cold Start System explicada

Atualizado em 24 de abril de 2021

O famoso tanque de partida a frio foi figura carimbada em diversos veículos durante anos. Sua necessidade foi evidente a partir dos anos 70, quando o etanol surgiu no país como alternativa para diminuição do consumo de combustíveis fósseis, e também, para que oferecesse potencial competitivo de mercado diante da gasolina.

Até o fim da primeira década dos anos 2000, o conhecido como tanquinho de gasolina, que se localizava na parte dianteiro dos carros, foi bastante utilizado pelas montadoras. Porém, esse cenário mudou com a consolidação da tecnologia Heated Cold Start System, que elimina a necessidade do tanque de partida a frio.

Essa tecnologia é utilizada em motores com injeção de combustível no coletor, PFI – port fuel injection, e conta com um mecanismo composto por pequenas resistências. No momento em que o motorista dá a partida no carro elas pré-aquecem o etanol, assim o combustível evapora o suficiente para ter uma combustão rápida.