Cobrar por hora, serviço ou diagnóstico: qual a melhor forma?

homem negro com chave de fenda realizando reparos exemplo de cobrar por hora, serviço ou diagnóstico

Atualizado em 21 de setembro de 2022

Meu amigo, na hora de fazer orçamento você ainda se sente inseguro e não sabe se é melhor cobrar por hora, serviço ou diagnóstico?

Calma, que essa é uma dúvida muito comum não só de novos mecânicos, mas muita gente que tem anos no mercado ainda não sabe como proceder nesses casos.

Continue a leitura para descobrir qual a melhor forma de fazer a cobrança de seus clientes que seja justa para os dois lados.

Qual a melhor forma de precificar o trabalho de mecânico?

Existe uma infinidade de opiniões acerca desse assunto.

Por isso, decidimos trazer os prós e contras de cada situação para você decidir qual a que melhor se encaixa na sua rotina.

1. Cobrar por hora

É uma forma justa de cobrança, pois você será transparente com o cliente e cobrará exatamente as horas gastas naquele serviço.

Nesse tipo de situação é preciso fazer o cálculo de quanto a sua hora de trabalho custa, é aí que está a grande questão. Pois, os serviços de menor ou maior complexidade, que você executar em uma hora, por exemplo, terão o mesmo valor.

Além disso, você deve estar atento à seguinte questão: quanto tempo você leva para executar o seu trabalho?

Pode ser que a sua larga experiência faça com que você termine o diagnóstico e o reparo em menos tempo. Observe se isso não prejudicará o orçamento final.

2. Cobrar por serviço

Normalmente, as oficinas mecânicas optam por esse opção por ser a mais de simples de cobrar.

É como se fosse um produto fechado, inclusive, você pode fazer uma tabela de serviços e orçamentos prevendo o valor de cada coisa.

Aqui também é preciso observar variáveis como o tempo que a sua equipe levará para executar a tarefa e se isso não vai comprometer o trabalho de uma maneira geral.

3. Cobrar pelo diagnóstico

Quando vamos ao médico, buscamos um diagnóstico, não é mesmo? Por que no mecânico seria diferente?

É preciso ter experiência e anos de estudo para realizar o diagnóstico de um problema num veículo. Por isso, é recomendado que o reparador cobre por esse serviço.

Alguns, inclusive, optam por embutir esse valor no momento do reparo, assim, você é transparente com o seu cliente e já apresenta um orçamento final para diagnóstico e reparo.

Como definir um modelo de orçamento de oficina mecânica?

A dica principal é colocar todos os seus gastos no papel, planilha do Excel ou outro software que você prefira.

Faça uma lista de quanto você gasta por mês com os seguintes itens:

  • Mão de obra
  • Materiais utilizados
  • Tempo gasto para diagnóstico e reparação
  • Custos indiretos (água, luz, telefone, internet, materiais de limpeza)

No texto, Modelo de orçamento de oficina mecânica você pode baixar a planilha e utilizá-la na sua empresa.

Comunidade Simplo: dicas de gestão de oficina mecânica

Gostou do nosso conteúdo sobre como definir a maneira de cobrar o seu cliente na oficina mecânica?

Faça parte da Comunidade Simplo e receba conteúdos sobre o universo automotivos, estudos de caso, material técnico, dicas para sua oficina e muito mais!