Supercompressor (supercharged): estudo dos compressores volumétricos

Atualizado em 17 de março de 2021

Hoje falaremos sobre o Supercharged (supercompressor), conhecido também como compressor volumétrico, que tem a mesma função do turbo convencional, a de mandar ar comprimido para dentro dos cilindros.

Porém, neste sistema, o compressor é acionado mecanicamente através de uma correia, corrente ou engrenagem, assim como o alternador ou o ar condicionado. Essa tecnologia pode produzir facilmente em torno de 50% de potência extra aos motores equipados, se comparados com motores aspirados do mesmo volume. Funciona conforme a velocidade do motor, e gira a uma velocidade de 10.000 a 15.000 RPM, não sendo necessária uma válvula westegate.

A sua forma de funcionamento oferece ao motor maior desempenho em baixas rotações, quando comparado aos turbos convencionais, eliminando o “turbo lag”. No entanto, como seu acionamento é feito mecanicamente, acaba roubando potência do motor, principalmente, quando falamos em rotações elevadas.

Figura 1. Compressor tipo Roots, utilizado nos motores TSI da VW.

Este supercompressor é acionado pelo comando de válvulas juntamente com outros dispositivos. Tem como característica a capacidade de manter a rotação mesmo quando há mudanças de velocidade.